17 de junho de 2015

Júri: o mundo que eu quero para mim.

             A educadora Séfora Barros durante o segundo bimestre trabalhou nas aulas de redação, o livro "O doador de memórias" de Lois Lowry, com o propósito de incentivar o prazer pela leitura e cativar os mesmos para expressarem seus argumentos a respeito do tema.
           Dentro das atividades do projeto, os alunos representaram um Júri popular, o qual tinha como proposta valorizar o protagonismo juvenil por meio da discussão do tema relevante à sociedade, estimulando o desenvolvimento do senso crítico dos alunos e ampliando suas competências e habilidades no âmbito da argumentação, oralidade, persuasão, organização de ideias e respeito à opinião do outro, por meio da discussão do tema.
             Com este livro os alunos tiveram a oportunidade de refletir sobre as emoções e se realmente valeria a pena viver sem elas e se seria bom que todos vivêssemos no mundo da mesmice, um mundo sem direito ou desejo de escolhas.
Além da análise do mundo real e do comodismo da sociedade em não buscar mudanças que precisamos.












 : 
Página Seguinte » « Página Anterior Página inicial