segunda-feira, 4 de março de 2013

DICAS PARA DESENVOLVIMENTO DE UM TRABALHO ESCOLAR NOTA 10


Para preparar um bom trabalho escolar, é preciso cumprir bem algumas etapas, como a pesquisa, a preparação, a redação e a apresentação. A seguir, mostramos um passo a passo para organizar cada uma das etapas.
  • Primeiro passo: A pesquisa
O texto do trabalho escolar é um conjunto de informações que podem ter procedências variadas. Portanto, antes de começar a escrever, é preciso pesquisar o tema em fontes diversas, como livros, jornais, revistas e internet. É melhor iniciar a pesquisa com o material existente em casa. Em seguida, pode-se realizar a consulta na biblioteca da escola ou da cidade.

a) Seleção de informações
Feita a pesquisa, é hora de selecionar os dados por meio de uma leitura mais atenta. A triagem é necessária para que sejam descartadas as informações repetitivas ou que não acrescentem nada ao tema.

b) Fonte confiável
A seleção de informações deve levar em conta a confiabilidade da fonte. Por isso é importante comparar as informações em mais de uma fonte. É possível verificar, por exemplo, se um mesmo fato foi tratado do mesmo jeito por dois jornais diferentes.

c) Livros, jornais e revistas
Verifique quando foram escritos. Livros e enciclopédias podem conter informações desatualizadas ou conceitos ultrapassados. Jornais e revistas são boas fontes de consulta para assuntos que exijam atualidade de informação. Sempre procure fazer a pesquisa em mais de um jornal ou revista.

d) Internet
É um grande banco de dados em que computadores ligados entre si e ao mundo inteiro podem trocar informações. Se você não possui acesso à Internet em sua casa, verifique se é possível utilizar os computadores da sua escola ou da lan house de sua cidade. Lembre-se: a Internet é somente mais uma fonte de consulta.

  • Segundo passo: A redação
Feita a pesquisa de informações, o próximo passo é escrever o trabalho escolar e organizar sua forma de apresentação. De acordo com o trabalho, pode-se incluir imagens (fotos, desenhos, gráficos) para ilustrar determinados tópicos.

Dicas para escrever
Cada um tem um estilo próprio de escrever. Mas existem algumas recomendações úteis:

a) Quanto ao conteúdo:
√ Elabore um roteiro do que será escrito, procurando imaginar tópicos ou capítulos.
√ Organize o material pesquisado, distribuindo as informações entre as divisões estabelecidas.
√ Procure escrever frases, orações e períodos curtos para facilitar a leitura.
√ Evite a repetição de informações ao longo do trabalho.

b) Quanto à forma:
√ Deixe margens ou espaços em branco nas bordas do papel. Dessa forma, o trabalho fica “mais arejado” e a leitura mais fácil.
√ Faça um trabalho limpo e ordenado. Se for manuscrito, evite o uso de corretores e mantenha um padrão para a letra.
√ Utilize parágrafos dentro de cada tópico ou capítulo.
√ Sublinhe ou destaque em um quadro os assuntos mais importantes, como definições ou conceitos.
√ Faça a paginação das folhas.
√ Se utilizar imagens, encaixe-as próximas ao texto correspondente.
√ Evite usar cores ou outros recursos gráficos que não acrescentem informação ou dificultem a leitura.

Elementos pré-textuais
São informações que antecedem o texto e auxiliam na justificação e uso do trabalho. Abaixo, a lista dos elementos pré-textuais considerados obrigatórios:

a) Capa
O revestimento externo do trabalho, no qual devem constar as informações indispensáveis à sua identificação. Deve conter:

√ Nome da Escola.
√ Nome completo do(s) autor(es) do trabalho.
√ Título.
√ Subtítulo, se houver.
√ Nome da disciplina e do professor.
√ Local (cidade da Escola em que o trabalho foi apresentado).
√ Ano da entrega.

                      Colégio Santa Joana D’Arc
                  Há 28 Anos Educando para Deus e para a Vida

Aluno(a) :___________________
Série/ ano ___________________
Disciplina ___________________
Nome da professora ____________




Título do trabalho
Subtítulo

                   
                                           
                                                     Garanhuns – PE
                                                              data

Elementos textuais

a) Introdução
É a parte inicial do trabalho, nesse espaço, o autor expõe o objetivo do trabalho, os recursos utilizados e o resultado alcançado.
Os requisitos para uma boa introdução são:    
√ Definição do assunto.
√ A indicação do caminho a seguir.
Importante: somente a partir da introdução numeram-se as páginas do trabalho. Utilizam-se algarismos arábicos, sendo que a contagem das páginas inicia no sumário.

b) Desenvolvimento
É o corpo do trabalho em que o autor desenvolve o conteúdo do seu estudo. É a parte mais extensa do texto, podendo ter várias seções e subseções, que variam conforme a abordagem do tema e do método.

c) Conclusão
Onde se expõe o fechamento das idéias do estudo e onde são apresentados os resultados da pesquisa e, partindo da análise destes resultados, tiram-se as conclusões e, se for necessário, as sugestões relativas ao estudo.

Elementos pós-textuais

a) Referências Bibliográficas
Consiste em uma lista ordenada com os materiais utilizados para a confecção do trabalho. A referência permite a correta indicação de um documento, no todo ou em parte, não importando em que suporte esteja (livro, jornal, revista, internet, CD-ROM, entrevista gravada e etc.).
√ Todos os materiais que foram mencionados no texto do trabalho devem, obrigatoriamente, ser incluídos na lista de referências.
√ Após consulta de qualquer tipo de documento, anotar os dados para não ter trabalho em coletá-los posteriormente na compilação das referências.
√ Quando consultar periódicos, não se esquecer de anotar o local de publicação, volume ou ano e número do fascículo.
√ Na consulta de documentos na Internet, não esquecer de anotar o endereço eletrônico (URL), data de acesso (dia, mês e ano).
√ Para documentos impressos, retirar as informações, preferencialmente, da folha de rosto dos documentos.
√ Ordenar as referências em ordem alfabética.

Indicação: Prof. Bárbara
Fonte: Não conhecida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário